News Dapo - Morar ou investir?

Enviada em 12/03/2012

Cada consumidor tem o seu critério na hora de adquirir uma casa ou apartamento. Mas a finalidade do imóvel é um dos aspectos que mais influenciam os compradores. A escolha do tamanho e da localização do imóvel, por exemplo, varia muito se o bem será utilizado como investimento ou como moradia. De uma forma geral, quem deseja investir tem preferência por imóveis menores e localizados em regiões com boa infraestrutura e fluxo intenso de pessoas.
Isso explica o sucesso dos residenciais compactos. Segundo Norberto Ferretti Jr, Diretor da Apolar Alto da XV, a preferência dos investidores por este tipo de imóvel se justifica, entre outras coisas, pelo valor atrativo do aluguel. “Entre os compradores dos imóveis da DAPO, temos um bom número de investidores que buscam retorno com aluguel, mas também temos diversos clientes que adquirem para morar com a família. Recentemente, um cliente comprou um apartamento no ZURIQUE como investimento, e logo depois, adquiriu outro imóvel da DAPO, no VANCOUVER, para morar.”
Já quem deseja comprar um imóvel para residência própria tem como prioridade as necessidades da família e muitas vezes a proximidade do trabalho. Neste caso, além do número de filhos, a localização é um ponto primordial. “Muitos preferem permanecer na região em que trabalham ou no bairro de residência da família. Em tempos de correria, ter pais e irmãos por perto acaba sendo uma grande conveniência”, afirma Norberto. A Apolar Alto da XV é responsável pela comercialização dos imóveis da DAPO.